economia

Como me aposentar com renda mensal de R$ 5 mil aos 50 anos?

2014-01-27 14:40:43


Internauta deseja ganhar 5 mil reais durante 30 anos a partir de seus 50 anos de idade

Dúvida do internauta: Tenho 29 anos e há cerca de cinco anos me preparo para a aposentadoria por meio de um plano de previdência privada, com parcelas de 50 reais mensais. Acontece que, aos 50 anos de idade, eu gostaria de reduzir meu ritmo de trabalho e ter uma segurança financeira de pelo menos 5 mil reais por mês até os meus 80 anos de idade. Ou seja, preciso de uma renda mensal de 5 mil reais durante 30 anos, e escolhi a idade de 80 anos por ser a estimativa de vida do brasileiro hoje. Além de aumentar a contribuição da previdência privada, o que mais preciso fazer? Também disponho de 15 mil reais para investir.

Resposta de Samy Dana e Alex Del Giglio*:

É muito importante ter consciência que a expectativa média de vida da população vem aumentando rapidamente.

Viver mais implica preocupação com o futuro e, consequentemente, em uma maior disciplina financeira.

Para que se tenha uma aposentadoria tranquila é fundamental acumular uma boa reserva ao longo da vida.

O primeiro passo é calcular o dinheiro necessário para o padrão de vida desejado durante a quantidade de anos que se espera viver. Vamos supor que você precisará de uma renda mensal de 5 mil reais.

Sendo bastante conservador e considerando que você terá uma baixa renda do trabalho a partir dos 50 anos, acredito que um valor razoável para acumular é cerca de 1 milhão de reais (veja como fazer o plano de investimentos com a calculadora do milhão). Mas, lembre-se: se viver mais tempo que o projetado esse valor poderá se tornar insuficiente.

O ideal é que aumente o valor da contribuição da previdência privada na medida do possível. Além disso, reserve recursos para aplicar diretamente em instrumentos financeiros como títulos públicos federais, Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) e debêntures com bom rating de crédito.

Em relação aos 15 mil reais, que você já dispõe para investir, recomendamos a compra de títulos públicos federais pelo Tesouro Direto. Prefira as NTNs série B, que remuneram acima da inflação (IPCA + juros).

(*) Samy Dana é Ph.D. em Business, professor da FGV e coordenador do Núcleo de Cultura e Criatividade GV Cult. É consultor de empresas nacionais e internacionais dos setores real e financeiro e de órgãos governamentais, além de autor de livros de finanças pessoais. Esta resposta foi escrita em parceria com Alex Del Giglio, economista pela Univerisidade de São Paulo (USP), com extensão em finanças pela ESC Bordeaux e mestrado em Administração pela FGV. Responsável pela área educacional da Prime Finance Investimentos AAI Ltda., com sede em Manaus.

 

1 de 8

 

Comentários